No dia a dia do trabalho, e com grande freqüência tenho a necessidade de executar comandos pelo terminal em diretórios específicos e com argumentos, algumas vezes esqueço o caminho da ferramenta e também o nome dos parâmetros que vou executar e então, perco tempo procurando. Pesquisando um pouco, descobri a possibilidade de criar comandos personalizados para serem executados no terminal.

Os comandos apresentados neste post, foram escritos e testados no Mac OS X, mas podem ser utilizados em qualquer distribuição Linux.

Para criar seus comandos, é necessário editar o arquivo “bash_profile” que encontra-se na pasta raiz do usuário, então abra o arquivo com seu editor preferido.

No meu caso vou abrir o “bash_profile” com o editor sublime.

subl ~/.bash_profile

Arquivo aberto, insira seu comando no final.

executar() {
    echo "----------------------------------------"
    echo "Iniciando a execução do comando personalizado..."
    echo "----------------------------------------"
    cd /Users/parmigiani/Oracle/Middleware/Oracle_Home12/user_projects/domains/devsoa12_domain/bin
    ls
}

No exemplo acima, quando digitar o comando “executar” no terminal, a mensagem do comando “echo” vai ser mostrada, o diretório “/Users/parmigiani/Oracle/Middleware/Oracle_Home12/user_projects/domains/devsoa12_domain/bin” será o diretório corrente no terminal e com o comando “ls” executado, com isso os arquivos e pastas do diretório aberto serão listados.

Também temos a possibilidade de passar parâmetros para nossos comandos.

executar2() {
    echo "----------------------------------------"
    echo "Iniciando a execução do comando personalizado, passando parâmetros..."
    echo "----------------------------------------"
    echo $1 $2;
}

Este segundo comando espera como parâmetro, dois valores “$1” e “$2“, sendo que os números representam o índice dos valores. Se executar o comando no terminal:

    executar2 Ednei Parmigiani

A saída deverá ser semelhante a esta:

----------------------------------------
Iniciando a execução do comando personalizado, passando parâmetros...
----------------------------------------
Ednei Parmigiani

Apartir de agora, você será capaz de escrever seus próprios comandos personalizados.

Por enquanto é isso, até o próximo post.

Deixe um comentário

Campos obrigatórios são marcados *

Post Navigation